CDGO.COM - A sua Loja de Musica Online CDGO.COM - A sua Loja de Musica Online
Recanto Ao Vivo - Gal Costa

Recanto Ao Vivo

Gal Costa  

Formato: 2 CD

Género: latina, MPB

Ean: 0602537269143

 

 
 

Artista

Nascido em 26 de setembro de 1945 em Salvador, Bahia, Brasil, é um cantor brasileiro de música popular.

Gal Costa nasceu em 26 de setembro de 1945 na Barra, um dos bairros mais tradicionais de Salvador, a Mariah Costa Penna (m. 1993) e Arnaldo Burgos (m. 1960). Durante sua gravidez, Mariah passou horas concentrando-se em ouvir música clássica, como em um ritual, com a intenção de que seu filho se interessasse pela música. Gal nunca conheceu seu pai, que morreu quando tinha 15 anos.
Quando ela tinha 10 anos, Gal fez amizade com Sandra e Andréia Gadelha, futuras esposas de cantores e compositores Gilberto Gil e Caetano Veloso, respectivamente. Aos 14 anos, ela primeiro ouviu a "Chega de Saudade" de João Gilberto na rádio e se interessou pela Bossa Nova. Ela então passou a trabalhar como uma empreitada na loja de discos principal de Salvador para se aproximar da música. Aos 18 anos, foi apresentada a Caetano Veloso por Andréa Gadelha, se engajando com ele em uma profunda amizade que ainda dura.

Costa estreou sua carreira profissional na noite de 22 de agosto de 1964 no concerto Nós, por exemplo, onde ela se apresentou ao lado de Veloso, Gil, Maria Bethânia e Tom Zé, entre outros. O concerto inaugurou o Teatro Vila Velha em sua cidade natal. Durante o mesmo ano, ela também se apresentou em Nova Bossa Velha, Velha Bossa Nova, no mesmo lugar e com os mesmos parceiros cantores. Ela então deixou Salvador para morar na casa de seu primo Nívea no Rio de Janeiro, seguindo os passos de Bethânia, cujo concerto, Opinião, havia se tornado um grande sucesso na cidade.
A primeira gravação profissional de Costa aconteceu no álbum de estreia de Bethânia, lançado em 1965. Foi o dueto "Sol Negro", escrito pelo irmão de Bethânia, Caetano Veloso. Ela então lançou seus primeiros singles através da RCA Records, "Eu vim da Bahia", escrito por Gil, e "Sim, foi você", escrito por Veloso. No ano seguinte, Costa conheceu Gilberto pessoalmente e participou do 1o Festival Internacional de Música da TV Rio, com o título de "Minha Senhora", escrito por Gil e Torquato Neto. Não conseguiu cativar o público do Festival.
O primeiro álbum de Costa Domingo foi lançado em 1967 pela Philips Records. Foi também a estreia de Veloso. Costa ficou no rótulo, que mais tarde se tornou Polygram, até 1983. Uma música lançada a partir deste álbum, "Coração Vagabundo", tornou-se um grande sucesso. No mesmo ano, Costa também cantou duas músicas no 2o Festival Internacional de Música, que foi então apresentado pela Rede Globo. Eles foram "Bom Dia", escrito por Gil e Nana Caymmi e "Dadá Maria", escrito por Renato Teixeira. Este último foi realizado com Sílvio César no Festival e com Teixeira na gravação.
Em 1968, Costa tornou-se parte do movimento Tropicalismo. Ela gravou quatro músicas em Tropicália: ou Panis et Circenses. Eles foram "Mamãe coragem", escrito por Veoloso e Torquato Neto, "Parque industrial", por Tom Zé, "Enquanto seu lobo não vem", por Veloso, e Baby, também por Veloso. Este último tornou-se o primeiro hit solo nacional de Costa, tornando-se um clássico da música popular brasileira. No mesmo ano, participou do 3o Festival Internacional de Música, realizando "Gabriela Mais Bela", escrito por Roberto e Erasmo Carlos. Em novembro, participou do 4o Festival de Música da Rede Record, com a canção "Divino Maravilhoso", de Gil e Veloso. A canção também se tornou um sucesso nacional e uma música clássica da música popular.
Em 1969, Costa lançou seu álbum de estreia solo, que incluiu Baby e Divino Maravilhoso. O álbum é considerado um clássico Tropicalismo, equilibrado entre estilizações brasileiras e influências psicodélicas norte-americanas. Ele também contou com a terceira e quarta hits solo de Costa, "Que penitência" de Jorge Ben Jor e "Não identificado" de Veloso, respectivamente. No mesmo ano, ela gravou seu segundo álbum solo, intitulado Gal, e com os hits "Meu nome é Gal", de Roberto e Erasmo Carlos, e "Cinema Olympia", de Veloso. O álbum serviu como base para o repertório do concerto Gal!.
Seu próximo álbum, Legal, não estava tão longe do mainstream como seu antecessor, e um álbum ao vivo no ano seguinte novamente equilibrado suaves sons brasileiros com rock pesado. Em 1973, a capa do álbum da Costa Índia foi censurada devido a ela usar um biquíni vermelho risqué. Costa gravou canções compostas por vários compositores mais populares do Brasil, como Tom Jobim, Ben e Erasmo Carlos. Em 1982, o single "Festa Do Interior" do álbum duplo Fantasia tornou-se seu maior sucesso, indo multi-platina até o final do ano. Costa apareceu no filme de 1995 The Mandarin (O Mandarim) como a cantora Carmen Miranda. Ela gravou canções em português, espanhol e inglês.

Faixas

1-1  Da Maior Importância  05:38

1-2  Tudo Dói  02:06

1-3  Recanto Escuro  04:36

1-4  Divino Maravilhoso  03:59

1-5  Folhetim  03:54

1-6  Mãe  04:18

1-7  Segunda  04:18

1-8  Minha Voz, Minha Vida  02:02

1-9  Barato Total  04:02

1-10  Autotune Autoerótico  03:45

1-11  Cara Do Mundo  03:14

2-1  Deus É O Amor  03:40

2-2  Dom De Iludir  01:48

2-3  Neguinho  04:25

2-4  O Amor  03:53

2-5  Baby  04:45

2-6  Vapor Barato  06:12

2-7  Um Dia De Domingo  05:34

2-8  Miami Maculelê  04:18

2-9  Mansidão  04:38

2-10  Força Estranha  04:11

2-11  Meu Bem, Meu Mal  03:22

2-12  Modinha Para Gabriela  02:21

Edições

Formatos

Editoras

Países

Anos

Membros

Artigos relacionados

Legal - Gal Costa
Gal Canta Caymmi - Gal Costa
Eu Vim Da Bahia - Gal Costa
Minha Historia - Gal Costa
Today - Gal Costa
Antologia 73/91 - Gal Costa
Gal Costa - Gal Costa
Cantar - Gal Costa

Musica Portuguesa

Virgem Suta - Virgem Suta
A Bunch Of Meninos - Dead Combo
Só - Jorge Palma
Missangas - João Afonso
Nove E Meia No Maria Matos - Sérgio Godinho
O Melhor Dos Clã - Clã
O Jardim - Tiago Bettencourt
2020 CDGO, todos os direitos reservados. Desenvolvido por Impactwave.
Paypal Visa Maestro Multibanco MBWay