Aldina Duarte - 515676
ALDINA DUARTE | APENAS O AMOR
FORMATO CD
GÉNERO FADO
DATA EDIÇÃO 29-03-2004
EDITORA EMI
PAÍS PT
EAN 0724359828329
12,68 €
INFO
O título não podia ser mais bem escolhido para um disco de estreia de Aldina Duarte. Foi Apenas o Amor à arte do Fado que levou Aldina a entregar-se-lhe há 10 anos a esta parte, a estudá-lo e a 'arriscar-se' com invulgar mestria na escrita de letras e no seu canto. E foi ainda Apenas o Amor que a levou, após este percurso, a sentir que finalmente estava pronta para a primeira aventura discográfica. Uma aventura tão segura quanto é possível a uma aventura de sentimentos. Como diz Carlos do Carmo num texto incluindo no inlay do disco: "As palavras ao amor são simples, sentidas, atiradas como setas ao nosso coração, desabafadas, pedindo a nossa compreensão e igualmente a nossa confidencialidade". São exactamente estes os sentimentos que podemos encontrar na estreia de Aldina Duarte: palavras sentidas que tanto nos 'incomodam como nos seduzem pela sua força e pela verdade que lhes sentimos. Como diz Jorge Palma, também no inlay do disco, "E o que ela diz é intenso, sentido, se o fado é fundamentalmente sentimento então Aldina tem o condão de me fazer pensar no momento em que canta 'ai, meu amor, se bastasse?": - alto lá, esta mulher não está a brincar! E o respeito é contagioso, tal como o prazer de a ouvi-la cantar, mais e mais." Aldina Duarte afirma-se como alguém que ainda pouco ou quase nada sabe do fado; alguém que está num processo contínuo de aprendizagem. Sobre esta 'aprendizagem, diz Carlos do Carmo, "Se o Fado tivesse escola, no sentido académico do termo, Aldina Duarte seria uma aluna exemplar."
FAIXAS

CD 1

1
01. A voz e o silêncio
2
02. M.F.
3
03. Anjo inútil
4
04. Ai meu amor se bastasse
5
05. Lírio quebrado
6
06. Antes de quê?
7
07. Casa-mãe / Cidade
8
08. Quase lembrança
9
09. Muro vazio
10
10. Nada mais na noite
11
11. Sonho lento
12
12. Canção a meia voz
DISCOGRAFIA